quarta-feira, novembro 28, 2007

O que importa é o importante!...

…Os dias têm sido cheios, mas bons. Cheios de trabalho, cheios de actividades e de amigos, e bons porque trazem resultados, porque fortalecem os laços que temos, porque são mais daqueles em que construímos mais um pouco do que somos…

…Porém, o dia hoje foi diferente. Daqueles que nos fazem chegar a casa irritados e desanimados. Por causa da confusão geral dos ambientes que nos rodeiam, porque às vezes há experiências que parecem não querer correr bem, porque nos exigem estarmos sempre a 100% mesmo quando queríamos uns minutos para estar a 95.. Enfim, daqueles dias em que parece que, em vez de edificarmos, recuamos uns passos…

…E foi por isso que hoje resolvi sentar-me para escrever. Para me obrigar a pensar. Para conseguir relativizar o que me chateou e arrumar a situação. Para dar mais peso a tudo o que me tem feito sorrir nos últimos tempos. Porque não sou uma pessoa irritada, nem desmotivada. E, principalmente, porque amanhã é mais um dia importante em que não é esperado estar assim!…

…E o que importa é o importante! Importa viver novidades, ter notícias, preparar surpresas, transformar coisas com carinho, ajudar amigos em mudanças, mandar mensagens, combinar encontros, programar actividades e, a cada dia, preparar o coração para aquilo que novo acontecer!…

(Pronto! Acho que estou preparado para o dia de amanhã! =p)

terça-feira, novembro 13, 2007

Um dia vou construir um castelo!...

“Você pode ter defeitos,
viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não se esqueça de que
sua vida é a maior empresa do mundo.
E você pode evitar que ela vá à falência.
Há muitas pessoas que precisam,
admiram e torcem por você.
Gostaria que você sempre se lembrasse
de que ser feliz não é ter um céu sem tempestade, caminhos sem acidentes,
trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem desilusões.
Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.
Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas reflectir sobre a tristeza.
Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos.
Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples
que mora dentro de cada um de nós.
É ter maturidade para falar "eu errei".
É ter ousadia para dizer "me perdoe".
É ter sensibilidade para expressar "eu preciso de você".
É ter capacidade de dizer "eu te amo".
É ter humildade da receptividade.
Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz...
E, quando você errar o caminho, recomece.
Pois assim você descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita.
Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
Usar as perdas para refinar a paciência.
Usar as falhas para lapidar o prazer.
Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.
Jamais desista de si mesmo.
Jamais desista das pessoas que você ama.
Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um obstáculo imperdível,
ainda que se apresentem dezenas de factores a demonstrarem o contrário.

Pedras no Caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo…”

Fernando Pessoa

…Porque sermos autores na nossa própria história, tornando-a bela e única é o que nos traz sentido à vida…

terça-feira, novembro 06, 2007

Porque foste Tu que mo disseste…

…Obrigado Senhor pelo impulso que me deste, pela coragem e pela certeza que, como hoje, tantas vezes me dás nos meus passos, no que penso ser certo, naquilo em que confio dever arriscar Ser. Contigo sei que estarei protegido, sei que a minhas palavras não me atraiçoarão sempre que falar de coração durante o tempo que precisar para me exprimir, sei que cumprirei sempre o Teu Amor…

…Foram várias as vezes em que dei comigo a pensar naquilo que poderia dizer, ou nas palavras que deveria usar, como se fosses Tu a dar-me dicas ao ouvido da forma mais correcta de me expressar…

…Obrigado Senhor pela calma que me deste, pela concentração no que achei essencial. Mesmo o que não disse devo ter conseguido passar. Obrigado pelos rostos deles, pelas lágrimas de receptividade e introspecção. Obrigado também por aquilo que vier, porque decerto que seguirá o seu caminho mais bonito…

…Fico com uma certeza absoluta, porque foste Tu que mo disseste: que Ser feliz é termos a certeza que somos amados por Ti. Sermos felizes é vivermos agradecidos, é partilharmos quem somos, é expressarmos o que sentimos com carinho, é tornar a nossa vida um projecto concreto de amor. É viver em comunhão…

domingo, novembro 04, 2007

Estive com Orcas!...

video

… E quis trazer um pouco para vocês…

sábado, novembro 03, 2007

Porque tudo é possível quando nós Acreditamos!…

…E houve ainda algo mais que a minha viagem a San Diego me permitiu fazer, de que gostei tanto, e que guardarei sempre de uma forma tão especial…

…De repente, enquanto somos percorridos pelo arrepio que nos é sugestionado pela história que nos começam por contar, uma grande onda surge por uma das entradas do aquário. Uma massa de água enorme e azul desloca-se em nossa direcção e transforma a serenidade da água que descansa, em água revolta que transborda do aquário em todas as direcções. E de uma forma tão graciosa como a melodia que toca, com uma força tão grande como a água que vemos deslocar, observamos, mesmo diante de nós, o seu grande salto. Todo o seu incrível corpo surge fora de água e reflectindo a luz do sol e vemo-lo brilhar, no seu fundo branco e preto. Os nossos olhos arregalam-se, o nosso sorriso rasga-se enquanto a nossa boca abre de espanto e o contentamento geral manifesta-se por expressões apaixonadas…

…O meu coração saltava e, finalmente, mais um pequeno desejo meu se realizava naquele primeiro contacto. Estava mesmo sentado a meio, o mais próximo possível que me era possível estar. E foi como se tudo o resto fosse o azul do mar. Mesmo à minha frente, a uns três metros de mim, aquela presença e força parava agora um pouco, aproximava-se lentamente da borda, e apresentava-se como se de uma criança se tratasse. Os seus olhos profundos acompanhavam atentamente os sinais do seu treinador e numa cumplicidade tocante, envolveram-se numa dança de amor…

…O contacto físico, os saltos, as brincadeiras, a ternura e a sensibilidade, envolviam todo o público que assistia àquele espectáculo em completo êxtase. Fiquei literalmente encharcado no momento em que se juntaram para nos vir molhar enquanto gritávamos todos “Shamu! Shamu!” em uníssono. E já fresquinho só me lembrava como a minha irmã gostaria de estar ali comigo a senti-las…

…De facto, são impressionantes. A forma como comunicam e se exprimem de forma calorosa é indiscutível; a forma como brincam e interagem com quem as vai visitar é encantadora. Transmitem, na sua tranquilidade e robustez, paz e tranquilidade e levam-nos a viajar com o seu olhar…

…Trouxe comigo uma barbatana caudal esculpida num pedaço de madeira, tal como a que fez o pequeno rapaz que pela primeira vez interagiu com Orcas, segundo a história que nos contaram. As palavras que exprimo são da forma como, com a minha sensibilidade e excitação, vivi o momento, mas tenho a certeza que ninguém ali permaneceu indiferente à beleza destes animais. E mais uma vez provou-se como é encantador o contacto do homem com a misticidade da força, serenidade e beleza da Natureza. Porque, como na mensagem que nos procuraram passar, tudo é possível quando nós Acreditamos!…