domingo, outubro 07, 2007

Quando nos permitimos parar maravilhados…

…Foi sem dúvida um fim-de-semana que se tornou especial. Com um toque de ternura, juntámo-nos e fizemos voar alto o pássaro tantas vezes de aparência tão frágil que nos eleva a esperança. Abrimos os braços à tranquilidade, e sentimos, no despojamento do que temos de bonito e de feio, a magia que é beber da luz que nos acende o caminho que nos propomos a seguir…

…Olhando para trás, relembro tantos momentos que me marcaram e me fizeram sorrir. Momentos de descoberta, de cumplicidade, de partilha, de afecto e de desprendimento. Voltei a encontrar naquele espaço, um local onde me consegui rever, como quem se olha ao espelho, se reconhece e se alegra. Pela cabeça, passaram-me lembranças de tantos momentos bonitos, e de coração, pude partilhar aquele silêncio bom que não incomoda e o contentamento de uma amizade profunda…

…Espontaneamente, pude agradecer aqueles dias ao irmão sol e, ao som de vozes que tanto me arrepiaram, enquanto espalhavam harmoniosas aquela mensagem que nos une, conheci pessoas lindas que não irei esquecer. Dentro dos seus olhos, por de trás do brilho que lhes reflecte a alma, reconheci o impulso que faz uma pessoa sorrir sem se conter, compreender como quem ama, e amar como quem anseia dar o melhor de si mesmo ao mundo…

1 Comments:

Anonymous Lena said...

Mesmo nao sabendo o caminho que nos espera, o importante é seguir em frente, com um lindo sorriso no rosto.
Obrigado pelo teu silêncio, pelo teu olhar, pelo teu sorriso e pelo teu amar!
"Sorrisos Felizes, Futuros Brilhantes" =)

12:57 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home